Comunicados de impresa

Enertis Applus+ atua como assessor técnico independente para a Atlas Renewable Energy, para o Banco Itaú e Crédit Agricole CIB para uma usina fotovoltaica de 438 MW no Brasil

  • A Enertis Applus+ assessorou o Banco Itaú e Crédit Agricole CIB na fase de financiamento, que atingiu um valor de 210 milhões de dólares.
  • A Enertis Applus+ está supervisionando a construção do projeto e continuará dando apoio nas seguintes fases de comissionamento, aceitação provisória e operação.
  • A usina fotovoltaica Boa Sorte, com uma capacidade instalada de 438 MW, está localizada em Paracatú, no estado de Minas Gerais, Brasil.

São Paulo, 15 de novembro 2023 – Enertis Applus+, empresa líder mundial em consultoria, engenharia e garantia de qualidade nos setores de energia renovável e soluções de armazenamento, está atuando como assessora técnica independente da Atlas Renewable Energy, do Banco Itaú e Crédit Agricole CIB para a usina fotovoltaica Boa Sorte de 438 MW, apoiando as fases de financiamento, construção, comissionamento, aceitação provisória e operação do projeto.

O projeto, propriedade da Atlas Renewable Energy e localizado em Paracatú, no estado brasileiro de Minas Gerais, recebeu um empréstimo de 210 milhões de dólares.

Na fase de financiamento encerrada no mês de janeiro, em que também participou o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Enertis Applus+ atuou como Lender’s Technical Advisor do Banco Itaú e Crédit Agricole CIB, elaborando um relatório de Technical Due Diligence e realizando uma análise exaustiva do projeto para verificar a conformidade com os códigos técnicos e padrões de qualidade exigidos e identificando quaisquer outros riscos técnicos e econômicos do projeto.

Nesta análise, a Enertis Applus+ avaliou, entre outros, a adequação do local, projeto e principais equipamentos, disponibilidade de recursos solares, estimativas de produção de energia e desempenho do projeto, permissões e conexão à rede. Além disso, analisou o contrato de Engenharia, Aquisição e Construção (EPC); o contrato de Operação e Manutenção (O&M); o Power Purchase Agreement (PPA) para a venda da energia, bem como o modelo financeiro, analisando os aspectos técnicos do caso base, tais como gastos de capital (CAPEX), data estimada de operação comercial, produção estimada de energia e despesas operacionais (OPEX).

A Enertis Applus+ está atualmente supervisionando a fase de construção do projeto e continuará fornecendo apoio nas seguintes etapas, preparando relatórios técnicos específicos para construção, comissionamento, aceitação provisória – estimada para ocorrer em junho de 2024 – e operação, a fim de garantir que todos os marcos do projeto sejam cumpridos corretamente.

Nas palavras de Aitor Ilundain, Regional Manager LATAM Sul da Enertis Applus+: “Foi um privilégio assessorar o Banco Itaú e Crédit Agricole CIB, juntamente com empresas internacionais com uma longa história na indústria de energia renovável na América Latina, como a Atlas Renewable Energy e Hydro Rein. O setor fotovoltaico no Brasil está em expansão e estamos comprometidos em continuar fornecendo nosso conhecimento para contribuir com a implementação de projetos de energia renovável no país, oferecendo a nossos clientes um serviço de consultoria profissional e de alta qualidade em financiamento e processos de venda e compra dessas instalações”.